Os cantos e os mergulhos de uma pequena sereia neste enorme mar da vida...

Cantos recentes

6 meses...

8 semanas...

24 dias...

O Parto!

E o André nasceu!!!!

36 semanas + 4 dias...

36 semanas...

35 semanas...

34 semanas + 1 dia...

33 semanas + 1 dia...

Cantos anteriores

Novembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Fevereiro 2008

Dezembro 2007

Agosto 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Dezembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Janeiro 2006

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Outros mergulhos

Quinta-feira, 27 de Julho de 2006

Já nem sei que título hei-de inventar... Mais do mesmo...

O que eu estou a precisar mesmo é que o tempo corra, corra depressa, para eu mais depressa me sentir segura, sentir que tu também estás mais seguro do que sentes, do que queres...

Apesar de todos os pequenos sinais que me mostram que queres estar comigo, que queres confiar, que gostas de mim, eu ainda estou com aquele sentimento "idiota" (ou talvez não...) de que a qualquer momento tu me dirás que afinal não vai resultar, adeus...

Apesar de teres, assim de repente e várias vezes, pedido para estar comigo, de irmos em breve uma semana de férias a dois, de me levares algumas vezes para sair com amigos teus, ainda tenho medo... Qualquer detalhe menos entusiasta, qualquer demora, qualquer pequena frieza me faz pensar o pior, mesmo que depois, pensando melhor, não é nada, ou é apenas cansaço do trabalho, não tem singificado... Ainda não senti a tua entrega total, tal como eu te entreguei o meu coração...

Por acaso, estarei eu em falta?, ainda não conheces nenhum dos meus amigos, por mero acaso, por ainda não ter surgido uma oportunidade, mas também confesso que, apesar deles estarem em pulgas para te conhecer, pois vêem como eu ando nas nuvens, tenho medo de te apresentar ao meu grupo de amigos enquanto houver uma probabilidade maior que o "normal" de, sei lá, passada uma semana, já não fazeres parte da minha vida...

E este medo estende-se, evidentemente, à minha família...

Eu tenho certeza do que sinto, mas tu, tens? Eu estou apaixonada, quero bradar aos 7 ventos que gosto de ti, mas claro que tenho medo que amanhã ou depois tenha que esquecer tudo o que sinto e, pior ainda, que as pessoas à minha volta me perguntem por ti, e eu tenha que explicar que, enfim, não resultou... "Então porquê? O que aconteceu? Parecia tudo bem..." Desculpa, mas ainda hà poucos meses passei por isto e está ainda muito presente o meu mau estar, o "Tirem-me deste filme!!" que me ocorria nessas alturas...

Mesmo assim quero apresentar-te aos maus amigos, claro, mesmo apesar do medo, apenas ainda não surgiu a oportunidade...

Enfim, quero mesmo é que o tempo me traga certezas...

Quero sentir que finalmente soltaste as amarras e te deixas levar ao sabor do teu coração...

Vamos ver se chego a ver esse dia, ou não...

sinto-me: sei lá, na expectativa...
cantado por Sereia.76 às 14:19
link do post | mergulhar | favorito

Sereia...

pesquisar

 

Novembro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
blogs SAPO

A nossa opção...

Daisypath Anniversary Years Ticker

Evolução do André...

Lilypie