Os cantos e os mergulhos de uma pequena sereia neste enorme mar da vida...

Cantos recentes

6 meses...

8 semanas...

24 dias...

O Parto!

E o André nasceu!!!!

36 semanas + 4 dias...

36 semanas...

35 semanas...

34 semanas + 1 dia...

33 semanas + 1 dia...

Cantos anteriores

Novembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Fevereiro 2008

Dezembro 2007

Agosto 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Dezembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Janeiro 2006

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Outros mergulhos

Terça-feira, 26 de Dezembro de 2006

E já lá vão... Já perdi a conta...

Mas desta vez já fiquei menos angustiada, porquê? Porque sei que a única coisa que te impede de te entregares a mim é o medo, o pavor que tu tens de te magoarem de novo...

E por saber isso fico serena pois sei que com o tempo, com a minha transparência e lealdade, paciência e perseverança, e principalmente com muito amor tu vais deixar esse teu pavor lá no passado, que é onde ele deve ficar para sempre...

É verdade que não tem sido fácil conviver com esse teu medo, com esses teus ataques de pavor que te fazem fugir de mim em segundos, mas tenho conseguido trazer-te de volta, diminuindo um pouco essa insegurança, até ao próximo ataque...

Mas também é verdade que não tenho a mínima vontade de desistir de ti, não sei porquê (ou se calhar até sei... :D ), mas tenho cada vez mais vontade de estar ao teu lado para juntos colocarmos esses medos no lugar que devem estar, lá atrás, longe, no passado, no que já foi... Nunca serão esquecidos, mas têm de deixar de ser constantemente sentidos...

Sabes... gostava que fosse mais fácil... porque acho que mereço... porque sei que até sou uma pessoa boa, acho que não sou difícil de amar, etc, etc (talvez a base do meu ser até esteja bastante grande, para não me deixar desequilibrar, sabes o que quero dizer... ;) ) mas talvez por isso mesmo te tenha encontrado, talvez por isso mesmo caiba a mim esta tarefa, porque estou preparada para cumprir, porque tu precisavas de alguém como eu para superares tudo o que de mal te aconteceu... Será?

Não sei explicar, justificar o que sinto, apenas sinto que é isso que tenho que fazer, sinto que quero ajudar-te, quero estar ao teu lado, quero ser o teu porto seguro, quero que sejas o meu, claro...

E no meio de toda esta tua instabilidade sinto uma serenidade imensa quando estou perto de ti...

Tenho a certeza que estou no bom caminho...

sinto-me: em paz...
cantado por Sereia.76 às 16:10
link do post | mergulhar | favorito

Sereia...

pesquisar

 

Novembro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
blogs SAPO